segunda-feira, 14 de abril de 2008

Bom Diaaaa!

Oi gente...
Pois é, lá vamos nós pra mais uma segunda feira... e naum é uma segunda feira kualker, é akelas chuvosas, com um leve friozinhu ke naum dá vontade de vc sair da cama mas nem se o mundo for acabar... mas como eu ainda naum casei com um cara milionário e nem nasci com o bumbum virado pra lua, tenhu ke vir trabalhar pra ganhar um "salário", se é ke posso chamar o ke eu ganho de salário... ¬¬' mas vamo lá né... kem mandou nascer pobre? hauhauahuahuahauhaua


Retrovisor - Maíra Viana (O Teatro Mágico Em Palavras)


A cidade se devora em cada carro parado,
em cada sinal fechado, em cada pedaço de vida mal resolvida.
As buzinas teimam em protestar como se a kebra do silêncio
pudesse trazer de volta as escolhas ke nunca fiz.
O ke passou é passado, vejo pelo retrovisor.
Não há mais tempo para seguir por outra avenida.
Jamais saberei kem eu seria numa outra via de acesso.
Se eu tivesse tomado um atalho, uma rua estreita kualker,
ke tipo de pessoa eu teria me tornado? Naum sei.
Mas gostaria mto de saber.
Pelo retrovisor, vejo todas as pessoas ke eu poderia ter sido e naum fui.
Vejo todas as ruas por onde nunca me atrevi passar.
Pelo retrovisor,
vejo td ke eu escolhi naum viver enkuanto a cidade me devora dia-a-dia.

2 comentários:

Geh disse...

Bom, marcando presença em todos os posts! hauhauahu!! Só dá eu!! =D

Mew... esse é o meu texto favorito dela. Juro... tem muita coisa que eu gostaria de olhar pra trás pra entender e até mesmo pra não cometer de novo.

Olho pra trás e vejo as pessoas que não fui... mas me orgulho da que sou.

Bjãoo lindaaa ;)

Amoo vc*

Nádia disse...

Texto liiiiiiiiiiindo!
Todos nós podemos ser várias pessoas, mas poucas sabem ser tantas pessoas diferentes sem perder sua essência e autenticidade =D

Bjuuuuuuu Cá! t amo

Interessante =O

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...