sexta-feira, 12 de junho de 2015

PAPAI e Nick - Pequenas e simples coisas




"Nick estava em mais um dia perdida em seus devaneios, quando PAPAI apareceu sorrindo e cantarolando. Nick despertou e meio confusa indagou:
- O que aconteceu, PAPAI?
- Ora Nick, esta um belo dia, não acha?
- Hm... bem, não estava pensando muito nisso na verdade...
- E porque não?
- Porque tem tanta coisa acontecendo...
- Que você esquece de contemplar as pequenas coisas, simples e belas ao seu redor... entendo - cortou PAPAI rapidamente a fala de Nick.
- Ei... Também não é bem por ai, é só que eu me...
- "preocupo demais com o que vai acontecer nos próximos dias"... entendo... - novamente um corte.
- PAPAI!!
- O que é?
- Você não esta deixando eu falar!
- Você não percebe?
- O que? só percebo que estou sendo cortada!
- Porque esta tão nervosa?
- Você ainda pergunta o porque? Estou...
- "desesperada com o dia de amanhã, não sei o que vou fazer"... entendo também. - corte!
- PARA COM ISSO PAPAI! - Nick em um rompante de raiva, perdeu a paciência e gritou. Lágrimas começaram a escorrer de seus olhos... ora, pequena Nick, porque ser tão sentimental?
PAPAI, com toda a sua ternura e paciência se voltou para Nick.
- Minha pequena, não estou fazendo isso para te irritar, estou fazendo isso para abrir seus pequenos olhos e enxergar certas coisas que você não consegue ver com essa preocupação excessiva! Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que me amam, tudo tem o seu tempo e propósito e acima de tudo lance suas preocupações e ansiedades sobre mim. Ora se eu dou provisão para os pássaros e outros animais, não darei a você? por acaso você é menos importante do que todos eles?
- Eu sei PAPAI... mas é tudo tão injusto, tão complicado...
- Eu sei, minha pequena, mas creia também que para dia de vergonha haverá dupla honra e que os humilhados serão exaltados... mas tudo em seu tempo, esta bem? apenas descanse em mim, aquiete seu coração... venha cá.
Nick foi até PAPAI e ele a pegou nos braços com toda a doçura que podia ter, como em todas as vezes que a sua criança precisava de um colo de PAI. PAPAI era a manifestação do amor puro e entedia Nick mais do que ela mesma. Nesse dia, Ele apenas queria que ela pudesse olhar pro céu e ver o dia lindo que ele preparara para ela com tanto carinho, queria que ela pudesse desfrutar desse dia sem as mesmas preocupações, ansiedades e tudo mais que passava pela sua cabecinha. Nick o agradeceu como sempre e permaneceu ali, em sua doce presença, descansando..."

Nenhum comentário:

Interessante =O

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...